sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Tudo dando errado

Não sei porque existem essas épocas na vida da gente em que tudo parece andar pra trás. Não sei se foi uma macumba da braba que colocaram em mim, mas as coisas não andam dando muito certo. Ou, melhor, quando eu penso que vai dar certo, é aí que elas começam a desandar. Como diria uma amiga minha, só Jesus pra dar jeito.

Minha viagem para visitar meu avô que, segundo alguns familiares estava morre-não-morre, me custou meu emprego dos sábados. Fui despedida por, segundo meu chefe, "falta de interesse no projeto". Mal sabia ele que era um dos projetos da minha vida no qual eu estava mais interessada. O problema é que toda vez que eu arranjo um emprego interessante ou alguém da minha família morre ou fica prestes a morrer. Como eu sempre escolho a família, perco o emprego, muitas vezes sem necessidade, como pro exemplo, neste caso mais recente. Viajei pr'aquele interior que eu sinceramente odeio, acabei brigando feio com uma tia que fazia tempos que desafiava minha paciência, constatei que meu avô estava bem (graças a Deus) e não precisava de mim e, para acabar de completar, ainda ficou com raiva e se negou a se despedir de mim porque eu briguei - sem motivos, de acordo com a oposição - com a filha dele. Enfim, um desastre. Se é que serviu de alguma coisa, fica ao menos a lição - não faça pelos outros o que nunca, nunca, nunca fariam por você.

2 comentários:

  1. Vim conhecer seu cantinho. Vou te seguir.
    As vezes a Lei de Murphy rege nossa vida. Depois ele se cansa de nós e vai cantar em outra freguesia.
    Quanto afamília, aaaa. Família!há família... sem comentários viu, sempre nos fazem passar por cada uma. Por isso hj eu cuido de mim, e tá bom demais.
    Passa lá no meu cantinho.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ive!
    Adorei o post do baby doll de oncinha!!!!!!! E pense que em breve estará usando-o novamente. Use-o como seu amuleto. E lembre-se dele quando td estiver difícil.
    Quanto ao emprego, família, etc... Bola pra frente, amiga! O que já passou, passou! Se foi ver se avô e por que era pra ser assim. Se perdeu o emprego, dá próxima vez negocie melhor com a chefia sua ausência.
    Não fique se martirizando por isto.
    Passou!
    Então encare o dia de hoje e siga em frente!
    Bjos, Fran.

    ResponderExcluir

Comenta aí!