segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Era um vestido estampadinho de rosinha...


Quando a gente está gorda, acaba escolhendo uma roupa que vira uma espécie de farda. Você levanta da cama, experimenta praticamente todas as peças do guarda roupa, vê que nenhuma serve. O que você faz, então? Recorre a uma roupa que tem certeza de que vai caber. Uma espécie de porto seguro, ao qual você recorre sempre que precisa (ou seja, praticamente todos os dias).

O problema é que, como qualquer roupa, nossa fardinha também se desgasta com o passar do tempo. E muitas vezes nós nem percebemos, continuamos usando, porque enfim, é confortável. No meu caso, a farda a qual eu recorro quase sempre é esse vestidinho rosa aí em cima. Nesse dia eu o estava usando pela primeira vez, numa confraternização de trabalho. Depois, não sei bem o porquê, virou minha roupa de gorda. Evitei ao máximo ir às compras para evitar voltar pra casa com blusas tamanho G e calças 46, mas já está mais que na hora de aposentar meu vestidinho. Quem sabe, longe do conforto dele, eu tome vergonha na cara e emagreça...

2 comentários:

  1. Tbm tenho minhas fardas de gorda. Nunca tinha pensado nisso. Ainda bem que já diminuí um número e vou ser obrigada a renovar o guarda roupa. Bjks

    ResponderExcluir
  2. Ive,
    Antes de ir às compras faça um limpa no armário. Tire o que não quer usar nunca mais. Guarde numa caixa as que pretende usar quando estiver no peso desejado e deixe no armário somente as que te caem bem atualmente. Só então vá as compras...
    Mas compre peças mais certinhas, já que em breve estará no peso que deseja!
    Bjos, FRan.

    ResponderExcluir

Comenta aí!